Testei e Aprovei – Seda Recarga Natural Antinós

Olá meninas, hoje trouxe pra vocês um shampoo e condicionador que testei esse mês. Esperei usar o vidro inteiro e parar de usar pra ver se eu sentia diferença e sim, senti a diferença.

Pra começar: Amei a embalagem nova, vocês não?

Shampoo e Condicionador - Seda Recarga Natural

 

Aí você cheira o vidro, e dá vontade de dormir abraçada com ele, de tão cheiroso. Na embalagem diz “base de amoreira e efusão de óleos”, gente, isso é cheiro de vida, sem mais.

E eu sou a pessoa perfeita pra testar os efeitos antinós (antinós é estranho assim tudo junto, né?). Tenho muito cabelo, mas ele é SUPER fino o que (pra tristeza da minha cabeleireira) deixa ele um emaranhado só! E enquanto eu estava usando essa linha de Shampoo e Condicionador até ela sentiu a diferença.

Agora quero testar o resto da linha Recarga Natural, da Seda. Mas me contem, vocês já testaram?

 

Anúncios

A Cor do Meu Cabelo

Olá meninas! Um dos primeiros pedidos que eu tive aqui no blog foi pra falar sobre a cor do meu Cabelo. Eu sei que esse post demorou, mas eu quis trazer as informações de forma mais detalhada possível pra vocês! Então sentem que lá vem história muitas fotos! (E história também, vai!)

O primeiro choque: Meu cabelo é castanho escuro, escuríssimo mesmo!

Post Cabelo 1

Tudo começou há muitos e muitos anos atrás, quando eu tinha oito anos de idade começaram a nascer cabelos brancos em mim. Depois de consultar vários médicos e fazer vários exames, ficou constatado que tinha origem genética (apesar de ninguém mais da minha família lembrar de ter tido tão novo), porque vitaminas e nutrientes estavam ok.

Em novembro de 2005, com 14 anos, já uma mocinha, os cabelos brancos começaram a me incomodar, foi então que eu fiz luzes pela primeira vez.

Post Cabelo 2

Por um ano, mais ou menos, continuei naquela de fazer luzes a cada dois meses, mais ou menos, até um dia em que eu percebi que estava praticamente loira e pedi pro cabeleireiro: Taca um loiro aí. E em março de 2007 eu virei loira. Loira, loira. Loiro Gema! (Acho que não existia desamarelador ainda naquela época, e só pra deixar claro, eu obviamente mudei de cabeleireiro)

Post Cabelo 3

E apesar de as vezes ele ficar todo cagado, depois de algum tempo eu consegui chegar num loiro bem platinado.

Post Cabelo 4

Eis que no final de 2011 eu decidi fazer Work Experience para os Estados Unidos: o que na prática significavam quase quatro meses sem acesso a um cabeleireiro decente. E nessa época, eu já estava com vontade de dar uma escurecida, pra um ruivo claro, mas meu na época namorado não achava que ia ficar bom. ENFIM, cheguei aos EUA linda, loira, platinada, e preocupadíssima com o futuro capilar.

Logo de cara fiquei amiga de uma peruana (Nubbia I miss you!, put*), que já tinha feito bico como cabeleireira e resolveu meu problema, pintaria a minha raiz. Ela pintou, ficou bom, mas a vontadezinha de mudar não passava.

Alguns dias depois estava eu e a Bianca (Beijo, Bi! <3) de bobeira pela farmácia, olhando as tintas de cabelo, quando uma da Nutrisse me chamou a atenção Chocolat Caramel (não vou negar, o que chamou a atenção da gordinha aqui foi o nome), alguém gritou que o ônibus já estava vindo, eu passei a tinta no caixa e fui pra casa.

Quando chego em casa (eu morava com mais sete brasileiras, mais os agregados que estavam sempre por lá – e eu no caso era agregada de quase todos os apartamentos), as meninas estavam cozinhando comida peruana e bebendo Pisco (Pisco <3). Depois de algumas doses eu falei: “Passa essa tinta aí!”. As meninas pintaram todo meu cabelo sem me deixar ver, lavaram, secaram e escovaram, sem me mostrar (o que inclui um embaraçoso momento de cócoras na banheira, mas vamos pular). E quando finalmente me mostraram, eu amei! Amei, amei!

Post Cabelo 5

Por eu ter sido loira por tanto tempo, meu cabelo não segurou a tinta e uma semana depois eu já estava loira de novo, aí eu pintei de novo, e antes de voltar dos EUA pintei mais três vezes.

Quando cheguei no Brasil, descobri que aqui não tinha aquela mesma cor da Nutrisse e fui em busca da cor mais parecida possível! Hoje em dia faço meu cabelo com a Moniree, do salão Moniree e Pietra (telefone 47 – 33678138), aqui em Balneário Camboriú mesmo. Uso a cor 6.53 (Mogno) da marca Yamá – Professional color, misturado com um pouco de 6.0  (que seria o Louro escuro, mas de louro não tem nada) também da Yamá, pra melhor cobertura dos meus amados cabelos brancos. A Moniree usa Água Oxigenada de 30 volumes misturada com um pouquinho da de 40 volumes pra chegar na cor atual do meu cabelo 😀

Cabelo ruivo desbota um pouco sim, não dá pra negar, por isso de vez em quando eu faço uma tonalização (em casa mesmo) com o tonalizante Keraton Banho de Brilho na Cor Canela, e misturo em algum creme de tratamento (sou a loca dos banhos de creme, vocês vão acabar descobrindo).

E é assim que meu cabelo ficou dessa cor. UFA! Vocês não desistiram, né? Eu coloquei até umas fotos engraçadas (feias mesmo) pra dar uma descontraída!

Respondi todas as perguntas? Espero que sim! Mas se tiverem mais alguma dúvida sobre meu cabelo podem comentar aqui em baixo, ou deixar no Facebook do Blog!

Testei e Aprovei – L’oréal Paris – Elseve – Óleo Extraordinário

Algumas meninas pediram como eu cheguei na cor do meu cabelo e quais são os meus cuidados com ele. Sobre a cor eu estou preparando um post GIGANTE que eu acho que vai responder todas as dúvidas de vocês. Mas quanto aos cuidados, esses eu posso falar já.

Sou maníaca por cremes de hidratação intensiva e ampolas. E a última máscara que testei foi essa da L’oréal Paris – Elseve – Óleo Extraordinário.

L'oreál - Olho Extraordinário

A embalagem diz: “O Creme de Tratamento Nutrição Intensa Óleo Extraordinário foi especialmente criado para proporcionar ao cabelo uma nutrição intensa e uma riqueza extrema. Textura ultracremosa e rica. Fórmula preciosa com uma combinação perfeita de Óleos de Flores Preciosas. Resultados: Os cabelos muito secos ficam cheios de vida. Sublimes em todos os ângulos.”

UUHHH! Promessa legal, né? Vamos ver se cumpre.

Primeiro a consistência: Ela é realmente ultracremosa, olha a foto que eu bati do meu creme:

L'oreal - Oleo Extraordinário

Dá pra ter uma ideia? É realmente cremosa. Eu queria muito ter conseguido captar os brilhinhos que ele tem, mas não teve jeito, eles simplesmente não queriam sair na foto. Mas eu garanto, tem uns microbrilinhos que eu adoro!

E o cheiro? Meninas, vocês não tem noção do cheiro desse creme. Faz duas semanas que eu tento descrever esse cheiro e não consigo, mas é bem forte e uma delícia!

Na parte que realmente interessa: Ele realmente deixa o cabelo nutrido e cheio de vida, só não esqueçam de tirar BEM na lavagem porque senão deixa o cabelo pesado.

Eu comprei o meu no Angeloni e segundo o site ele custa R$ 17,89 pelo pote com 300g. Preço SUPER ok, né?

Enfim, super aprovado! Agora quero testar todos os outros produtos dessa linha, que ouvi falar que são todos maravilhosos.