Espinhas – O que elas estão te dizendo

É claro que um dia antes daquela festa/casamento/viagem/sessão de fotos/noite com o gato uma espinha vai surgir no seu rosto. É a lei de murphy, mas eu sou uma vítima tão grande dessa lei, que deveria se chamar lei da Samanta.

Acontece que as minhas espinhas saem sempre no mesmo lugar, e isso me deixa muito curiosa. E vocês não estão entendendo o quanto eu sou curiosa. Por isso, enquanto minha consulta com a dermatologista não chegava, eu dei um google. E hoje trago aqui pra vocês o gráfico das espinhas.

Espinhas na Samanta

 

1 e 2: Sistema Digestivo – As espinhas nessas regiões estão diretamente ligadas ao que você coloca no seu estômago: comidas processadas, as jacadas de fim de semana, alimentos muito gordurosos.

3: Fígado – Típica espinha de fim de carnaval/férias/oktoberfest está relacionada ao consumo excessivo de alcool, mas também às alergias alimentares (alô intolerantes à lactose!)

4 e 5: Rins – Qualquer coisa que acontece ao redor dos seus olhos (oooi olheiras!) tem relação direta com desidratação.

6: Coração – Cancela a costela que a espinha de nariz de bruxa tem solução! As espinhas nesse local servem de aviso que alguma coisa no seu coração (e não é um ex namorado babaca) não anda certa: pressão alta, colesterol alto, tudo isso pode se manifestar literalmente na ponta do seu nariz. (Se você usa muita maquiagem, vale a pena dar uma olhada nos prazos de validade, também)

7 e 8: Rins – Já ouviu falar de orelha de velha? Que é sempre toda flácida? Falta de líquidos também se manifesta aí, tanto na forma de flacidez quanto de… espinhas!

9 e 10: Sistema Respiratório – Mais comum em quem fuma ou tem alergias respiratórias, as espinhas nessa área também podem ser causadas pelo excesso de poluição. (Como se vocês ainda não tivessem motivos suficientes pra parar de fumar e reduzir a emissão de gás carbônico)

11 e 12: Hormônios – Nessa área a TPM, o stress e a inevitável menstruação se manifestam (poxa, precisava disso também!). Eu já tinha ouvido falar isso e confirmei com a minha ginecologista, e pode perceber que elas normalmente alternam os lados, isso porque os seus ovários também alternam (Olha só, o Se a Barbie Dirigisse sendo instrutivo!)

13: Estômago – Parecida com a 1 e 2, mas aqui nessa região tá faltando fibras (Oi, Activia, quer me patrocinar?), muito embora a redução de junk foods não vá fazer mal, né?

14: Doenças em Geral – Um resfriado, uma dor de garganta, seu corpo está se esforçando muito pra combater alguma coisa e o resultado: uma espinha no pescoço.

É claro gente, que existem muitos outros fatores que influenciam no surgimento das espinhas, mas comparando as que aparecem em mim, com o que está acontecendo na minha vida, mais as explicações da minha ginecologista e dermatologista, nos últimos meses pude comprovar que esse gráfico (meu rosto cheio de números pode ser chamado de gráfico?), ajuda sim! a mapear as espinhas.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s